Ação e Empoderamento

Ação e Empoderamento

Coach André Barbiero

Coaching personalizado e humanizado.

Online

Sessões online com privacidade e segurança

Insights

Insigths transformadores para sua vida e carreira

Inovação

Seja inovador e criativo em todoas as áreas de sua vida.

coach-andre-barbiero

Se você já esteve preso em uma rotina de inércia antes, provavelmente conhece a sensação de futilidade e impotência que toma conta de sua vida. Você quer que sua vida mude, mas se sente impotente para fazer qualquer coisa a respeito. Constantemente você se pega fazendo planos para melhorar sua vida, mas nunca entra em ação porque parece muito intimidante.


Embora agir possa intimidá-lo e assustá-lo, também pode fortalecê-lo! Se você aprender este medo com eficácia, ele pode fornecer o combustível para mantê-lo avançando em direção a uma vida mais gratificante. Ao fazer isso, você percebe que não há o que temer e nunca mais ficará preso!


Abaixo estão três etapas simples que mostram como começar:

1) Em primeiro lugar, certifique-se de que compreende que a sua vida é como está agora devido à sua hesitação em agir! Isso é importante porque você entenderá a importância de seguir em frente, não importa o quão hesitante esteja no início.

Em seguida, decida uma ação a ser executada para fazer a bola rolar. Pense em sua vida agora e pergunte-se quais situações você deseja mudar primeiro. Você pode escolher sua carreira, relacionamentos, saúde, situação financeira ou qualquer outra coisa que o faça se sentir impotente e paralisado. Em seguida, pense em uma ação simples que você pode realizar para inspirar alguma mudança positiva. Não precisa ser uma grande ação, apenas ALGUMA COISA para começar a construir o ímpeto.

tomada-de-decisao

2) Depois de decidir qual é a ação, você terá que se esforçar para executá-la, não importa o que aconteça! Isso pode parecer incrivelmente difícil ou até assustador, mas lembre-se de que na maioria das vezes as coisas que você teme não vão acontecer. Na verdade, você pode nem ter uma razão clara para sentir medo - você está apenas com medo do “desconhecido”. Dê a si mesmo um discurso estimulante ou force-se de qualquer maneira para avançar pelo menos um pouco. Depois de dar este primeiro passo, certifique-se de deixar de lado todas as expectativas das coisas que acontecerão por causa disso e permita-se sentir-se bem simplesmente porque você fez algo a respeito!

3) Repita o mesmo processo com todas as próximas ações. Depois de dar um passo a frente, você precisará continuar se esforçando para seguir os outros. Considere isto: mesmo se você der cem pequenos passos em um mês, você estará fazendo um esforço positivo para fazer mudanças em sua vida, o que não deixará de trazer mudanças melhores para você!

A boa notícia é que agir rapidamente começa a ganhar impulso. Assim como a falta de ação crônica pode criar um ciclo de negatividade e estagnação ao longo do tempo, ser proativo pode criar um ciclo positivo que continua a crescer! As ações ficam cada vez mais fácil na medida que torna isso um hábito. Quando se der conta, verá que as coisas estarão acontecendo quase sem esforço e você continua a se fortalecer a cada passo que dá.

Agora que você aprendeu que é dá para mudar, eu digo que além de mudar é possível potencializar a mudança através de um processo de Coaching. Então aproveite e agende a sua sessão de ainda hoje e aproveite os valores promocionais!

André Barbiero

Life & Professional Coach

andre@andrebarbiero.com.br

Líder, você sabe liderar?

Líder, você sabe liderar?

Olá, tudo bem?


Me chamo André Barbiero, sou coach, treinador de liderança e de inteligência emocional e hoje quero falar com você sobre um dos maiores desafios empresariais da atualidade: Liderança


Parece incrível, mas poucos profissionais compreendem a importância de se tornar um líder excelente para alcançar os melhores resultados empresariais, para ter uma equipe de alto desempenho e ter uma carreira de sucesso. Mesmo com o bombardeio de cursos, mensagens, livros e notícias que mostram a importância da liderança, o que vemos, na prática, são muitos profissionais que usam o poder, o status ou a posição para fazer com que as pessoas façam suas tarefas. Quando você precisa usar um desses meios, significa que você não tem ou perdeu a sua liderança e seus liderados estão insatisfeitos e, talvez, com os sentimentos e as emoções feridas por causa de você.


Talvez você não concorde, e é um direito seu, mas gosto de ilustrar o que disse com o exemplo de Jesus Cristo, que na minha humilde opinião é o maior líder que já pisou neste mundo. Ele deixou o maior exemplo para os líderes atuais: “quem quer liderar, precisa servir!”. Ele mostrou isso ao se ajoelhar para lavar os pés de seus discípulos, que ao questionarem sua ação, ele respondeu: “se vocês não permitirem, não terão parte comigo, porque quem deseja ser o maior, deverá ser o menor entre vocês!” (paráfrase minha). E neste momento, enquanto você lê este artigo, bilhões de pessoas estão ajoelhadas o adorando. E ele nunca obrigou ninguém a fazer isso, mas mesmo assim o fazem.

Responda para si mesmo: Como está a atuação e o engajamento de sua equipe? Será que a responsabilidade pelo mau desempenho é uma falha em sua atuação como líder? Você realmente sabe liderar?

Para responder o tema deste artigo, precisamos definir o que é liderança e o que é ser líder. Porquê? Pelo simples fato que qualquer um pode saber o que é liderança, mas não agir como líder. Eu quero que guarde esta máxima: Conhecer não é ser. O ser só é possível com a prática do conhecimento!


Dito isso, passemos então primeiramente a nossa definição de liderança. Quero compartilhar com você o posicionamento de diversos pensadores e líderes que contribuíram para a construção teórica da liderança.


Vou iniciar com o clássico James C. Hunter e sua definição de liderança no livro “O Monge e o Executivo”:


“Liderança é a habilidade de influenciar pessoas a trabalharem entusiasticamente visando atingirem os objetivos identificados como sendo para o bem comum” (HUNTER, 2004, pág. 28).


Na definição de Hunter, destaquei algumas palavras importantes para nosso objetivo: habilidade e entusiasticamente. Para Hunter, liderar é uma habilidade, portanto, ela pode ser aprendida e deve ser praticada. A prática da habilidade de liderança determinará o seu grau de excelência, ou seja, quanto mais você praticar mais excelente se tornará na arte de liderar. Segundo o escritor, a boa liderança levará as pessoas a trabalharem com entusiasmo. Quero que entenda entusiasmo como motivação. Não é o objetivo agora detalhar o que é motivação, isto ficará para outro artigo desta serie.


Ken Blanchard, autor do livro “O Gerente Minuto” afirma que liderança é “um processo de influência” (BLANCHARD, 1983).  A palavra em destaque para a definição de Blanchard é: processo. Portanto, liderança é um processo composto por diversos fatores internos e externos organizados de maneira lógica levam as pessoas a trabalharem motivadas graças a atuação do líder.

lideranca

Note que a palavra-chave em ambas definições é influência. Então uma definição de liderança com uma só palavra pode ser influência. As pessoas obtêm influência (e assim a liderança) de várias maneiras. Algumas vezes as pessoas têm influência pela virtude de sua posição. Outras são influentes por causa de sua competência. E outras podem ter influência por causa de sua personalidade. Poder ser difícil determinar o que dá liderança às pessoas, mas de alguma maneira aqueles que lideram são capazes de fazer isso porque eles têm influência.

Quero enfatizar a liderança como uma função, de maneira que a pessoa com muita influência em um grupo pode ser vista como o verdadeiro líder independente de sua posição. Este entendimento pode mudar grandemente a perspectiva daqueles com responsabilidades de liderança. Como o líder de uma grande igreja declarou recentemente: “Quando você compreende que liderança é influência ao invés de posição, isso muda tudo. Você não se esforça para ser um líder; você se esforça para adicionar valor ao povo, e eles lhe deixarão ser o líder” (Maxwell, O Potencial Ao Seu Redor, pg. 25).

lideranca_de_sucesso

Em minha opinião, liderança é: a habilidade de influenciar, motivar e direcionar pessoas e suas ações na direção de um objetivo.


Através desta definição, pretendo deixar claro que um líder possui as seguintes habilidades:

Influenciar. Ou seja, através de técnicas e da sua atuação produzir uma mudança psicológica e na vontade do liderado fazendo com que este se comprometa com suas tarefas.


Motivar. É a habilidade de compreender e ativar os mecanismos e gatilhos que impulsionam o liderado a realizar suas tarefas.


Direcionar. É a habilidade de mostrar ao liderado o caminho para a melhor execução de suas tarefas, corrigir os desvios, dar o treinamento necessário para que ele possa atuar como uma das pessoas fundamentais para alcançar o objetivo do grupo.


As ferramentas de um líder não são máquinas e computadores, são pessoas! E felizmente não podemos efetuar um hardreset num ser humano para restaurá-lo para um padrão de fábrica e reprograma-lo para atuar de acordo com o que queremos. Pode parecer um absurdo, mas a singularidade é a maior riqueza do ser humano. O líder que compreende isso tem 50% do seu trabalho realizado, a outra metade é apenas treinamento e adereços que são ajustados de acordo com a tarefa, personalidade e motivação do liderado.

Note que a maior parte da tarefa e do esforço do líder não está em executar planos e ações, mas sim em compreender cada pessoa da equipe e suas singularidades. Este conjunto de pessoas ao se somarem gera uma pluralidade de experiências, conhecimentos e riquezas únicos e transformam-se no maior recurso que uma organização pode ter. Feliz é o líder que compreende isso.


Agora que definimos liderança, convêm definirmos o que é ser um líder. Mas antes disso, é preciso saber que um líder não é aquele conhecedor de teorias da liderança ou motivacionais. Ele é, antes de tudo, um ser humano! É isto mesmo, uma pessoa cheia de defeitos e virtudes que constroem o seu ser. Uma pessoa singular que também deve ser respeitada e admirada, afinal em algum momento ele demonstrou valor para assumir a posição que ocupa no momento. Digo isto com muita segurança e sem voltar atrás com minhas palavras.

Por que é importante falar sobre isso? Vou listar alguns motivos:


1) Alguns liderados não gostam de seus líderes.


2) Alguns liderados podem possuir habilidades superiores aos líderes.


Existem outros motivos, mas estes são os principais geradores de insatisfação e conflitos entre líderes e liderados. Independente do fator é crucial que o líder resolva a situação conflitante rapidamente, a demora pode fazer com que o problema atinja uma proporção tão grande que afete outras pessoas, outros setores ou departamentos e embora a culpa possa não ser do líder, é dele a responsabilidade de resolver e evitar que tais problemas aconteçam novamente. A minha sugestão para lidar com esta situação é que seja feita uma reunião com os envolvidos com a participação de um mediador e conteúdo registrado em ata. Este mediador pode ser um profissional interno ou externo (desde que seja um agente neutro/imparcial) que contribuirá para as partes chegarem a um consenso e cumpram com oque foi acordado.

Quero definir o líder como o profissional que possui a habilidade de influenciar, motivar e direcionar pessoas e suas ações na direção de um objetivo. Com isto, fica claro que o líder é a pessoa responsável por guiar a equipe rumo ao objetivo. É ele quem deve influenciar positivamente a equipe em todos os momentos até que todas as tarefas estejam realizadas e as metas batidas. É ele quem deve motivar sua equipe a produzir os resultados que a organização espera. Para isso, ele deve conhecer as particularidades de cada membro e, assim, compreender os gatilhos e motivos que leva a pessoa a ação. O líder é a pessoa que mostrará para cada membro da equipe o quais suas tarefas e os objetivos que cada um deve alcançar, deve identificar e corrigir os erros que possam surgir durante as atividades de seus liderados. Para isso acontecer corretamente o líder deve entender de gente!

Eu gosto de comparar o líder com um maestro. Por mais que os musicistas sejam experts em seus instrumentos, eles precisam de alguém que mostre a eles o momento e a forma de sua atuação para o sucesso da apresentação. Esse é o papel do maestro, reger com maestria mantendo todos no tempo certo, no tom certo, no ritmo certo e na sequencia correta. Se o maestro se perder o espetáculo será um fracasso, mas se atuar corretamente será um sucesso.


O líder é o maestro organizacional que possui todas as ferramentas para a construção do sucesso empresarial: equipamentos, processos, recursos e pessoas. Ele precisa apenas orquestrar e reger de forma que cada membro conheça e cumpra com suas funções e compromissos no tempo certo e da forma certa para que a sinfonia possa ser completada.

Chegamos até aqui e você pode estar pensando: “Ok, sou líder onde atuo e como posso medir minha liderança?”. É simples, é pelo seguinte fator: Resultados. Mas vamos esmiuçar este fator em:

Quantidade de resultados. Meça a proporção dos resultados alcançados em relação aos resultados propostos, quanto maior o número de resultados alcançados, melhor está sua atuação como líder. Mas preste atenção, apenas grandes quantidades de resultados podem não ser suficientes. Pense na seguinte hipotética situação: 


Para alcançar um determinado resultado você e sua equipe precisam realizar 10 tarefas, toda via duas atividades representam 70% dos esforços para alcançar o objetivo. As outras 8 tarefas representam 30% esforços. Se você focar apenas na quantidade de tarefas você correrá o risco de focar em tarefas menos importantes para alcançar os resultados.


direcao

Qualidade dos resultados. Meça os impactos qualitativos em sua jornada pelo resultado. Dedique tempo e esforços nas atividades que gerarão maiores e melhores resultados para o grupo e para a organização. Isto pode ser feito ao classificar cada atividade como alta, média ou baixa prioridade. As ações mais importantes deverão ser classificadas com alta prioridade e a maior parte do esforço da equipe deve estar direcionada para estas atividades. Reflita na seguinte situação:

 

Ao ser desafiado a aumentar as vendas, o líder pode focar em diversas estratégias, mas vou limitar a duas para nosso exemplo. Ele pode enviar e-mails divulgando os produtos/serviços ou pode realizar uma força tarefa para agendar visitas com potenciais clientes levando consigo amostras, cases para apresentação e uma proposta personalizada impressa, além de sua presença. Qual a ação que tende a gerar melhores resultados?

 

Os exemplos podem ser diversificados, o líder pode focar, por exemplo, no porte das empresas e optar por oferecer produtos/serviços a médias e grandes empresas. Uma maneira eficiente de medir a qualidade é utilizar a metodologia 80/20 (método de Pareto) no qual é possível considerar que apenas 20% das atividades podem representar 80% dos resultados da empresa.

Impactos dos resultados na organização. Meça e identifique quais resultados gerarão os maiores e melhores impactos para a organização. E descarte ações e resultados que causarão impactos negativos para a empresa.  Neste ponto o líder deve refletir sobre a reputação da empresa perante seus clientes, fornecedores, funcionários e a sociedade. Para qualquer organização baixos resultados são tão nocivos quanto resultados baseados em práticas antiéticas, não profissionais e amorais.

 


impactos_na_equipe

Para alcançar um determinado resultado você e sua equipe precisam realizar 10 tarefas, toda via duas atividades representam 70% dos esforços para alcançar o objetivo. As outras 8 tarefas representam 30% esforços. Se você focar apenas na quantidade de tarefas você correrá o risco de focar em tarefas menos importantes para alcançar os resultados.


Podemos citar como exemplo a realização de uma venda ciente da impossibilidade de entregar na data solicitada pelo cliente. Não me refiro aos imprevistos na entrega, mas a negociação consciente e a omissão desta informação. Esta prática, um tanto comum no mercado, gera desgaste e insatisfação na relação com o cliente. Para facilitar quero que utilize a matriz ResultadoXReputação para registrar as ações que pretende executar para alcançar os resultados.

RESULTADOS

Como ela funciona? Com sua equipe, registre as ações que pretendem realizar para alcançar os resultados que foram determinados. Após concluir os registros em grupo exclua as ações que trarão redução nos resultados e na reputação da empresa. Neste momento é importante que todos saibam o porquê as ações excluídas não podem ser realizadas pela equipe.

 

O foco desta tarefa é identificar as ações que aumentam a reputação e os resultados da empresa e dedicar uma boa parte dos esforços para cumprí-las em sua totalidade.

 

Impacto dos resultados sobre o líder. Neste ponto, quero que foque em você e sua reputação como líder para a empresa e para seus liderados. A forma como você busca os resultados afetam positivamente sua liderança, ou é exatamente o contrário? Resultados são importantes, mas sua reputação como líder não pode ser prejudicada pelas suas decisões, atitudes e atuação profissional e pessoal. Para facilitar quero que utilize a matriz ResultadoXReputação para registrar as ações que pretende executar para alcançar os resultados.


O objetivo desta atividade é medir os efeitos dos resultados em sua liderança, mas do ponto de vista empresarial, ou seja, como você será visto pelos superiores, pelos clientes e stakeholders que de alguma forma estão em contato direto com você. Você e sua equipe devem focar sua atenção as atividades/ações que melhoram sua reputação e aumentam os resultados da organização. Atividades/ações que minam sua reputação e os resultados devem ser excluídos.


Impacto dos resultados na equipe. Neste ponto, quero que meça os impactos de sua liderança sobre sua equipe. Como está o relacionamento com cada membro da equipe? Suas ações em busca de resultado estão engajando ou desgastando a equipe? Há muitas reclamações sobre cobranças, pressões, ameaças, medo, insatisfação, ou exatamente o contrário? É fundamental que o líder cuide daqueles que estão sobre sua responsabilidade. Cuidar envolve respeitar, apoiar e desenvolver, lembre-se que pessoas são as ferramentas que o líder possui para alcançar resultados. E o bem estar do liderado é fundamental para que ele produza de forma adequada. Para medir utilize a matriz ResultadosXImpactos na Equipe:

resultado_na_equipe

Através desta matriz você e sua equipe poderão identificar as atividades/ações que minam o relacionamento e o engajamento da equipe aumentando a insatisfação com sua atuação como líder. O foco desta matriz é identificar quais ações/atividades do líder podem prejudicar a equipe de descarta-las e também identificar as ações/atividades que o líder pratica que geram resultados positivos e engajamento na equipe.


Medir os resultados é fundamental para você acompanhar o desenvolvimento de sua liderança e corrigir os desvios que possam acontecer. Por outro lado, para ser líder requer maturidade para reconhecer que a liderança é um processo que dia após dia deve ser desenvolvido, melhorado e adaptado para acompanhar as demandas de um mundo em constantes mudanças e, principalmente, para o bom desempenho da equipe.


Agora que você aprendeu o que é liderança e o que é ser líder, lembre-se liderança pode ser aprendida e desenvolvida por qualquer pessoa desde que ela tenha a interesse e vontade de se tornar um líder. E afirmo que o mundo precisa de bons líderes! Só chegamos onde estamos porque desde os primórdios da humanidade sugiram pessoas capazes de liderar e moldar a sociedade de acordo com os objetivos que desejavam. E nada impede que você seja o próximo grande líder que o mundo espera.


Desejo profundamente que este artigo faça sentido para você e que de alguma forma eu possa ter contribuído em sua vida e carreira. Ficarei muito grato se compartilhar este conteúdo com seus pares e, principalmente, se me seguir no instagram @coachandrebarbiero.


Forte abraço e até nosso próximo artigo!


André Barbiero

Administrador de empresas, Coach, palestrante, treinador de inteligência emocional


.

Pessoas Comuns, Mentes Brilhantes

Pessoas Comuns, Mentes de Sucesso e Resultados Brilhantes

Você já parou para pensar no que a maioria das pessoas pensa sobre sucesso? Veja o que dizem:


Todas as pessoas de sucesso possuem capacidades extraordinárias e, por isso, alcançam o sucesso.

As pessoas bem sucedidas são de famílias ricas e por isso conseguem sucesso.

Nasci pobre, não conseguirei ter sucesso.

Prefiro ser pobre e feliz, ao invés de ser rico e triste.


A verdade é que sucesso e resultados extraordinários são para todos, mas em todos os querem porque demanda esforço e dedicação. Só que é mais fácil culpar o sistema, a economia, a diferença social ou a má sorte do que assumir a responsabilidade pelos resultados.

Desde cedo a maioria das pessoas de nosso país são condicionadas a um pensamento de fracasso. Expressões como os ricos são exploradores, a pessoa é rica porque rouba, o Brasil nasceu para ser explorado são comuns e condicionam a mente das pessoas para uma vida medíocre, uma vez que a leva a focar es no que é ruim, ao invés de conduzir as possibilidades éticas e corretas de se alcançar sucesso.


Nos países desenvolvidos acontece exatamente o contrário, desde cedo  as pessoas aprendem sobre a importância do desenvolvimento, do estudo e das finanças. Esta é mentalidade que faz deles serem pessoas bem sucedidas. Que tal praticar isso a partir de agora com você, com sua família e todos os que fazem parte de seu network?

pexels-gustavo-fring-4173335

O Que É Uma Mente de Sucesso?

pexels-andrea-piacquadio-3758105

Não pense que uma mente de sucesso é aquela que quer vencer de qualquer forma, ou aquela que quer apenas dinheiro. 


Veja o que é uma mente de sucesso: 


Mente com foco em resultados. 

Mente que se responsabiliza pelos resultados. 

Mente que tem consciência dos maus e bons hábitos. 

Mente com crenças fortalecedoras. 

Mente com consciência das habilidades e competências atuais e as necessárias para o sucesso.  

Mente com capacidade de se levantar após uma falha.

Como Ter Uma Mente de Sucesso?

Não há outra forma, a não ser EVOLUIR.


É preciso compreender que uma pessoa com mente de sucesso ESCOLHEU evoluir, crescer, ir além, romper limites, ultrapassar fronteiras e enfrentar o desconhecido.


É impossível ter uma mente de sucesso sendo a mesma pessoa de sempre.


Você sabe como evoluir em direção ao sucesso e resultados brilhantes? Você deve sair da zona de conforto de forma planejadaÉ necessário planejar, adquirir competências, habilidades e atitudes que leve em direção ao objetivo.


A falta de planejamento conduz para decisões erradas e situações traumáticas que prejudicar ou impedir seu processo de desenvolvimento. Para você entender como se dá a evolução planeja, veja o processo abaixo:

processo

Pelo esquema é possível entender que todas as pessoas possuem três zonas: Zona de Conforto, Zona de Expansão e Zona de Pânico. Ao ampliar a zona de conforto dará segurança no processo de desenvolvimento e garantirá o sucesso e resultados extraordinários.  Mas você sabe o que é cada uma delas?

Zona de conforto. É o nível em que a pessoa se sente confortável em agir, não exige muito da pessoa, os resultados, não mudam, está sempre a contento. Ficar nesta posição é simples, não exige muito, oferece certa segurança, mas em contra partida não tem resultados brilhantes, não oferece crescimento e desenvolvimento.  O tédio, a repetição e o sentimento de incapacidade serão os parceiros de quem escolhe permanecer aqui. Pessoas com mente de sucesso não se conformam em ficar estagnados nesta zona, elas buscam uma forma de crescer, ou seja de aumentar a sua Zona de Expansão.

statue-100400_640

Zona de Expansão. É o nível que a pessoa pode ampliar através de novos conhecimentos, habilidades e atitudes para que possa atuar com segurança e sucesso aumentando seus resultados. Esta zona possui um limite e, portanto, deve-se tomar cuidado para não forçar além do limite. Este limite varia de individuo para individuo e deve ser respeitado, pois cada um precisa de um tempo para aprender e colocar em prática tudo o que aprendeu. Ultrapassar o limite sem estar preparado, levará a pessoa para a zona de pânico, mas se trabalhado corretamente levará a pessoa para o próximo passo de seus objetivos sem abalos e com muita estrutura e resultados excelentes.

lideranca

Zona de Pânico. É o nível que a pessoa se deparar quando pula a etapa da expansão e assume papéis para os quais não estava preparada. É o nível em que as habilidades e conhecimentos necessários são insuficiente para atuar e cujos resultados são desastrosos. A pessoa que pula a etapa da expansão e chega a esta zona tem a tendência a de se frustrar com os resultados e em muitas vezes voltar para a zona de conforto e com traumas ao ponto de não querer mais sair dela.

fear-4208702_1920

Para um desenvolvimento sadio não é possível pular etapas, e isso demanda tempo e dedicação. A aquisição de novas competências, habilidades e atitudes são parte deste processo e não podem ser substituídas por nada. Estar preparado é parte fundamental para a atuação de excelência e ética, caso contrário os resultados serão desastrosos.


Neste cenário, o coaching se mostra como uma solução de valor inestimável e capaz de leva-lo ao desenvolvimento de todo o seu potencial para que seus resultados sejam brilhantes. Ampliar os conhecimentos, habilidades e atitudes a cada passo em direção o ao sucesso dará a pessoa estabilidade e segurança em cada etapa do processo atraindo cada vez mais ótimos resultados e sucesso. Alinhar o coaching com as modernas metodologias de aprendizagem facilitam o caminho para o sucesso duradouro.


Você está esperando o que? Venha comigo para uma vida surpreendente. Me siga nas redes sociais e esteja sempre por dentro das novidades sobre meu trabalho.


André Barbiero

Coach